Trio é preso por atrair vítima com compra de colar e assaltar casa dela, em Abadia de Goiás

A proposta da compra do colar teria sido feita por um dos integrantes do trio, que conseguiu o endereço da casa e furtou vários objetos

Um trio de jovens foram presos suspeitos de usar a venda de um colar pela internet para conseguir o endereço e assaltar a casa de uma vítima. O crime aconteceu na tarde de quarta-feira (24), em Abadia de Goiás, a 20km da capital goiana. De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos são Kennedy Junio Alves da Silva, de 25 anos, Matheus Felipe Gonçalves da Silva, 18, e Yann Victor de Jesus Diniz, 22.

Segundo investigações, Kennedy teria anunciado um colar de prata na internet, que chamou a atenção da vítima. O suspeito e ela negociaram o item no valor de R$ 1 mil. Foi então que Kennedy pediu a localização da casa da vítima para que, supostamente, levasse o colar até ela.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A vítima, que acreditou estar fazendo uma compra segura, enviou o endereço. Momentos depois, Kennedy ligou para a vítima e pediu que se encontrassem em outro local. A vítima concordou e foi até o endereço dado pelo suspeito, onde adquiriu o colar.

Logo após a venda do objeto, Kennedy se encontrou com os outros dois suspeitos e seguiu até a casa da vítima, imaginando que ela não estava em casa.

Suspeitos prenderam crianças no banheiro

Ao chegarem no local, o trio pulou o muro e entrou na casa, rendendo três crianças que estavam na residência de 04,07 e 9 anos de idade. Elas foram presas no banheiro por mais de 25 minutos.

De acordo com a polícia, o trio furtou dois aparelhos de TVs, dois celulares e um computador. Além disso, levaram calçados, roupas, aparelhos eletrônicos, assistente virtual da casa, utensílios domésticos e outros.

A denúncia do assalto foi feito no mesmo dia pelas vítimas na Delegacia de Abadia de Goiás, o que possibilitou na rápida procura. O trio foi encontrado na casa de um dos suspeitos em Goiânia, junto com todos os objetos furtados.

Ainda segundo a investigação todos os três jovens tinha antecedentes criminais por roubo, tráfico e furto.

Tags: