Veículos abandonados nas ruas de Goiânia preocupam moradores

Andar pelas ruas de Goiânia e se deparar com carros, carcaças e até ônibus abandonados tem se tornado cada vez mais comum. A situação tem preocupado os moradores da capital goiana, já que os veículos podem servir de focos para o mosquito da dengue e até mesmo de esconderijo para criminosos.

Um exemplo dessa realidade pode ser visto na rua 100, no Setor Marista. Segundo moradores da região, o veículo, que está com a carcaça danificada e pneus murchos, está abandonado no local há pelo menos dois anos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Além do Setor Marista, nossa equipe constatou a mesma situação em pelo menos outros seis pontos de Goiânia, como na Rua 20, no Centro; Rua T 64, no setor Bueno; Rua 6, no Jardim Goiás; Rua S5, no setor Pedro Ludovico; 1ª Avenida e Rua 218, no setor Universitário (fotos na galeria acima). Em todos esses casos, moradores afirmaram à reportagem que os veículos já se encontram em situação de abandono há meses ou há anos.

LEIA TAMBÉM

• Enfermeira é presa por vender atendimentos, cirurgias e vagas de UTI no DF• Veja os compromissos goianos do final de semana no Brasileirão• Caiado autoriza recuperação da GO-142 entre Formoso e Tocantins

Segundo a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Goiânia (Seplanh), o órgão só pode fazer a retirada dos veículos que são considerados carcaças. Se o carro estiver em condições de uso, o caso é passado para a Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT). A Seplanh ainda ressaltou que a retirada só pode ser feita se o veículo estiver com alguma irregularidade ou se estiver em local proibido.

Em relação aos veículos citados na matéria, a secretaria informou que vai mandar um técnico nos endereços para avaliar a situação dos veículos. As denúncias para remoção podem ser feitar por meio do telefone 156.