Jornal Diário do Estado

Vereador diz que líder comunitária “tem seu carinho, mesmo sendo negra”

Palavras foram proferidas enquanto o vereador defendia a aprovação de uma proposta de lei que transforma uma associação em uma instituição de utilidade pública

Na última terça-feira, 21, o vereador de Goiânia, Pedro Azulão (PSD), proferiu falas polêmicas durante uma sessão no plenário na Câmara Municipal. Em sua fala, o vereador disse que a líder comunitária, Sônia Fernandes Correa, “tinha seu carinho, mesmo sendo negra”. 

Uma mulher trabalhadeira, uma mulher que defende uma causa social com muita garra […] Uma mulher que, mesmo sendo negra, é uma pessoa que tem o mesmo respeito e o meu carinho”, afirmou. 

As palavras foram proferidas enquanto o vereador defendia a aprovação de uma proposta de lei que transforma uma associação de idosos em uma instituição de utilidade pública, o que permite que ela receba benefícios públicos. Ele já lançou uma nota se desculpando por suas palavras. Segundo o vereador, suas palavras foram mal apresentadas.  

“Como sempre, eu ainda mais a engrandeci, até para a gente convencer alguém que pensasse em votar contra. Mas, infelizmente, aconteceu essa falha. Estive pessoalmente com a Sonia na tarde desta terça-feira para apresentar meus pedidos de desculpas e reiterar, conforme disse em meu discurso, minha admiração e estima por ela e pela obra social que ela promove”, retratou.

Por sua vez, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Goiânia informou que ninguém a acionou para instaurar um procedimento sobre o ocorrido que, também, não foi denunciado à Polícia Civil.