Vereador Novandir ameaça colega com “cintada no lombo” e pode ser punido

Ao ameaçar o vereador Geverson Abel, Sargento Novandir pode ser punido pelo Código de Ética e Decoro Parlamentar

Na manhã de ontem (20), o vereador Sargento Novandir (Republicanos) ameaçou Geverson Abel (Avante) com uma “cintada no lombo”, na Câmara Municipal de Goiânia. O motivo da fala foi pelo arquivamento de um projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) que objetivava a reativação da Creche Comunitária “Menino Jesus”.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O parlamentar, na tribuna, acusou Geverson Abel de ter articulado com os outros vereadores para que o projeto fosse derrubado. De acordo com Novandir, as instalações da creche estão desocupadas há quatro anos e atendia 320 crianças. A indignação do vereador se transforma em ameaça e ele tira seu cinto da cintura, o bate na mesa e diz (vídeo):
“Quando a gente pega moleque covarde na rua e o pai e a mãe educa, queria te educar com cintada no seu lombo. Infelizmente, não posso fazer isso. Mas o senhor merecia isso vereador. Porque essas 320 famílias vão lembrar do senhor, não vão esquecer o prejuízo que o senhor deu a essas crianças. E continua trabalhando dessa forma, porque como eu falei para você, talvez tenha sucesso aqui na terra, mas vai queimar no fogo do inferno”, ameaçou Novandir.
Procurado pelo DE, o vereador Geverson Abel afirmou que ainda não sabe se vai formalizar uma denúncia contra o colega “ainda não decidi, estou analisando”, disse.
A assessoria, informou em nota, que o vereador não teve qualquer relação com o arquivamento do projeto, apenas votou junto com o relator da proposta:
“O vereador Geverson Abel repudia toda e quaisquer formas de violência, como a demostrada pelo vereador Srg. Novandir, nesta manhã em tribuna na Câmara Municipal de Goiânia. E afirma que não desperdiçará seu tempo entrando em discussões desnecessárias. Seu tempo é gasto em prol da população goianiense, atendendo suas necessidades junto ao prefeito Rogério Cruz. E afirma que não tem envolvimento com projeto arquivado da creche, como acusado por Novandir”.
Em nota, a assessoria do Sargento Novandir justifica sua conduta:

O vereador Sargento Novandir usou a tribuna para denunciar articulação do vereador Geverson, que arquivou o projeto de reabertura da creche Menino Jesus. Uma luta de 4 anos do vereador Sargento Novandir, onde mais de 300 crianças poderiam estar matriculadas na creche. É de extrema importância e necessidade da região a reabertura da creche, infelizmente por interesse pessoal de um vereador, centenas de famílias continuam sendo prejudicadas. O vereador Sargento Novandir vai continuar lutando pela reabertura da creche e não vai admitir que a população continue sendo prejudicada.

Conselho de Ética e Decoro Parlamentar

Na Câmara há um conselho em que avalia as condutas dos vereadores. De acordo com o artigo 5º, é considerado uma falta contra a ética e o decoro parlamentar, “desacatar ou praticar ofensas físicas ou morais, bem como dirigir palavras contra a honra de seus Pares, perante a Mesa Diretora, o Plenário ou as Comissões, ou a qualquer cidadão ou grupos de pessoas que assistam a sessões de trabalho da Câmara”.
Para que Novandir seja levado ao Conselho, é preciso que Geverson Abel formalize uma denúncia para que os membros possam deliberar se instaura ou não um processo disciplinar. Atualmente, o presidente do órgão é o vereador Anselmo Pereira. Os membros são Clécio Alves, Henrique Alves, Juarez Lopes, Sabrina Garcez, Sandes Júnior e Willian Veloso.

Confira o vídeo do momento da ameaça:

Tags: