Veterinário é preso transportando tartarugas de modo irregular

Na madrugada desta terça-feira (07), na BR 153, município de Uruaçu, a PRF prendeu um veterinário conduzindo 76 tartarugas sem registro e sem autorização do Ibama.

Após abordar um carro conduzido por um homem de 40 anos a polícia encontrou Dentro do veículo diversas caixas contendo 76 tartarugas e cágados de várias espécies, inclusive espécies dos Estados Unidos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Os animais eram transportados em condições inapropriadas, misturados a fezes, restos de comida e sem ventilação.

LEIA TAMBÉM

• Óculos inteligentes ajudam na inclusão de alunos da rede pública de Goiás• Goiás perde para o América e amarga a zona de rebaixamento• ‘Minha dor só não é maior do que o meu amor’, escreve Caiado sobre perda do filho

Ao ser questionado, o condutor informou que estava viajando de São Paulo para Belém. Disse que era veterinário, apaixonado por animais, e que trabalhava no ICMBio da capital paraense. Entretanto, ele não possuía nenhum tipo de autorização para trânsito dos animais e também não possuía autorização como criador.

O homem, juntamente com os animais, foi conduzido para a unidade da Polícia Civil de Uruaçu. Ele responderá pelos crimes previstos em lei (nº 9.605/98) que visa proteger a flora e a fauna. O Ibama foi acionado para cuidar e dar destino aos animais.

Tags: