Vídeo: Estudante é assediada enquanto anda de bicicleta, no Paraná

A estudante compartilhou imagens do incidente em seu instagram

Uma ciclista foi assediada e empurrada no meio de uma avenida enquanto pedalava na tarde desta segunda (28), no Paraná. Ela usou o instagram para relatar o que aconteceu e mostrar o acidente que poderia ter se tornado grave.

Nas imagens, a estudante de direito aparece andando em sua bicicleta enquanto carros e outras pessoas passam. Um carro branco se aproxima e uma pessoa coloca os braços para fora, apertando o corpo da mulher que cai com o susto. Três pessoas que estavam na rua ajudam ela a se levantar e verificar se tem machucados.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Em seu instagram, a estudante relatou que está bem e que todas a s medidas cabíveis estão sendo tomadas.

Assédio no Brasil

Uma pesquisa realizada com 2.500 mulheres maiores de 16 anos em quatro países, revelou que o Brasil é aonde as mulheres mais sofrem com o assédio no dia a dia.

O resultado da pesquisa mostrou que, no Brasil 86% das mulheres já sofreram algum tipo de assédio nos espaços urbanos. As regiões com maior número de assédio são Centro-Oeste (63%), Nordeste (56%), Sul (55%), Norte e Sudeste (50%).

Assédios mais comuns

De acordo com as brasileiras, os assédios mais comuns são assobios (77%), olhares insistentes (74%), comentários de cunho sexual (57%) e xingamentos (39%). Muitas também já foram seguidas nas ruas (50%), tiveram seus corpos tocados (44%) e foram estupradas (8%).

Não é difícil encontrar mulheres que tem medo de assédios na ruas, ou que já sofram alguma ”mão boba” em transportes públicos ou outros lugares.

Tags: