Vídeo: Lavas do vulcão Cumbre Vieja chegam ao Oceano

As lavas do vulcão já destruiu cerca de 600 casas e plantações de banana na ilha espanhola La Palma

Lavas do Vulcão Cumbre Vieja, que destruiu a ilha espanhola de La Palma, chegaram ao Oceano Atlântico nessa terça-feira (28), nove dias após entrar em erupção. Imagens mostram a nuvens de vapor branco esguichando para o alto na área de Playa Nueva.

Autoridades alertaram sobre possíveis explosões e nuvens de gás tóxicos quando a lava chegasse ao mar.

“Quando a lava chega ao mar, o lockdown deve ser rigidamente respeitado”, disse ontem Miguel Angel Morcuente, diretor do Plano de Emergências Vulcânicas das Canárias (Pevolca).

O fenômeno aconteceu em uma área ao norte da praia de Los Guirres, em Tazacorte, município na província de Santa Cruz de Tenerife, nas Ilhas Canárias.

De acordo com o Instituto Espanhol de Oceanografia, devido á queda da lava, um depósito de cerca de cinquenta metros de altura está sendo produzido. O perímetro de exclusão na costa também foi ampliado para evitar que pessoas se aproximassem da área. Há uma área de exclusão de 3,5 quilômetros.

Riscos

De acordo com especialistas e autoridades, todas as medidas preventivas foram adotadas porque, ao entrar em contato com a água salgada, a lava do vulcão pode gerar ”explosões e emissão de gases nocivos”.

“Quando o magma toca o mar, grandes colunas de vapor d’água se formam porque grande parte da água do mar vira vapor. Isso se deve ao grande contraste térmico entre os dois: a lava tem uma temperatura de mais de 900°C, enquanto a água tem cerca de 23°C “, explicou José Mangas, professor de geologia da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria, à BBC News Mundo. “Mas como a água contém cloretos, sulfatos, carbonatos, flúor e iodo (entre outras coisas), os gases tóxicos também se volatilizam.” Esses gases podem causar irritação na pele, nos olhos e no trato respiratório.

A destruição

O vulcão tem destruído La Palma desde o dia 19 de setembro, destruindo quase 600 casas e plantações de banana. A ilha é vizinha de Tenerife, no arquipélago das Ilhas Canárias, na costa norte da África.

Milhares de pessoas foram retiras e três vilas litorâneas estavam em lockdown na segunda-feira (27), esperando a lava chegar até o oceano. A Espanha classificou La Palma como zona de desastre, uma medida que irá repassar apoio financeiro a ilha.

Tags: