Vídeo: Ministro da saúde faz gesto obsceno em Nova York

Um veículo com telão exibia mensagens como "Bolsonaro está queimando a Amazônia" circulou por Nova York durante o dia

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mostrou o dedo do meio para um grupo de manifestantes contrários ao  presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na noite de segunda-feira (20), ao sair de uma recepção ao lado do político em Nova York, Estados Unidos.

No vídeo cerca de dez pessoas gritavam palavras de ordem, como “assassino”, “genocida” e “fora Bolsonaro”, contra o representante brasileiro em frente à residência da missão brasileira junto a Organização das Nações Unidas (ONU), no bairro nobre Upper East Side. Bolsonaro jantou no local e ao chegar no local, fez sinal de “menos” para os protestantes.

Ao sair do estabelecimento, alguns dos convidados do presidente responderam aos manifestantes antes de embarcarem nos veículos, fazendo gestos com as mãos e batendo nos vidros. Neste momento o ministro da saúde, que já estava dentro de uma das vans, se levantou de seu assento e mostrou o dedo do meio ao grupo de manifestantes, que responderam com gritos e repetiram o gesto. O episódio foi registrado pelos manifestantes.

“Bolsonaro is burning the Amazon”

Um veículo com telão exibia mensagens como “Bolsonaro is burning the Amazon” (Bolsonaro está queimando a Amazônia), que circulou pelas ruas de Nova York durante o dia, também estava no ato. O caminhão transitou pelos quarteirões próximo ao estabelecimento onde a comitiva de Bolsonaro jantou.

 

Veja o vídeo:

Tags: