Jornal Diário do Estado

Vídeo: Motociclista que roubou carnes em açougue de Goiânia estava surtado, diz delegado

Homem roubou cerca de R$ 350 em carnes nobres. Mãe do suspeito arcou com prejuízo depois de tomar conhecimento do crime

O motociclista que foi flagrado entrando dentro de um açougue e roubando carnes nesta segunda-feira (25), em Goiânia, estava em surto psiquiátrico e precisou ser internado momentos depois de cometer o crime, de acordo com o delegado André Botesini. O investigador disse ao Diário do Estado que o homem já foi identificado e que em tese não estava armado.

“A mãe do autor pagou as carnes subtraídas pelo filho. O advogado também apresentou provas que o homem está internado, além de que no dia dos fatos, após o cometimento do crime, tentaram interná-lo com o auxílio policial e do Samu. Porém, vamos seguir com as investigações para confirmar as alegações”, disse.

Crime

Câmeras de segurança registaram o momento em que o homem entra com a moto no estabelecimento, localizado na Avenida Rio Verde, na Vila Rosa. O dono do açougue, Diego Santos, conta que ao invadir o local, o suspeito parou a moto em frente ao caixa. Neste momento, ele começou a ameaçar todos que estavam no comércio, enquanto buzinava e acelerava a moto. Em seguida, desceu do veículo, retirou o capacete e pegou as carnes que custaram cerca de R$350.

Todo ação levou cerca de 40 minutos, conforme Diego. Ele diz que o homem chegou a dizer que iria pagar a conta, mas que no momento em que estava passando as carnes no caixa, começou a ser ameaçado pelo jovem que saiu sem pagar a conta.

“Ele perguntou se eu o conhecia, se estava com medo e pediu para que pegasse na mãe dele. Neste momento percebi que ele tinha algum problema. Ele estava muito agressivo e chegou a perguntar se a gente aceitava pix porque queria comprar as carnes. Em um determinado momento, ele ficou dando risadas e falou que quando estava rindo é porque estava com raiva, com ódio. Disse que estava com vontade de me agredir, de me matar”, concluiu.