Vídeo: Papai Noel gay é mostrado em comercial da Noruega

Essa não foi a primeira vez que a empresa norueguesa abordou assuntos polêmicos em seus comerciais

Em uma campanha que comemora os 50 anos do fim da lei que proibia relacionamentos homossexuais na Noruega, o serviço postal do país colocou o Papai Noel em um relacionamento gay.

No curta, intitulado “Quando Harry conheceu Papai Noel”, é possível acompanhar as visitas anuais do bom velhinho a Harry, um homem gay de meia idade. Entretanto, o contado dos dois sempre é interrompido pelas obrigações do do bom velhinho.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Harry então decide escrever uma carta, endereçada ao Polo Norte, e na carta ele declara seu amor por Noel: “Querido Papai Noel, tudo que eu quero de Natal, é você”

Na véspera do feriado, enquanto espera por Noel, Harry fica surpreso ao descobrir que seus presentes estão sendo entregues pelo serviço postal do país. No vídeo Harry fica decepcionado e ao retornar para dentro de casa se depara com a imagem do Papai Noel, que o esperava. “Arranjei uma mãozinha este ano para que eu possa ficar com você”, disse o velhinho antes de se aproximar para um beijo.

Essa não é a primeira vez que a empresa norueguesa falam sobre assuntos polêmicos. Em 2019 eles colocaram São José, como um carteiro.

No ano passado, durante a campanha “faça o natal grande de novo”, eles brincaram com o então presidente Donald Trump, que tinha acabado de perder as eleições.

Veja o vídeo do comercial:

Tags: