Vídeo: Prefeito de Campina Grande se revolta com vídeo vazado da sogra cheirando cocaína

Ainda abalada, primeira-dama Juliana Cunha Lima, reforçou que não mantém contato com a mãe desde que saiu da casa dela

Ainda repercute amplamente nas redes sociais o vídeo de Soraya Brito, sogra do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSB), no qual aparecia cheirando cocaína nas nádegas de outra mulher. Desde que o assunto se tornou público, na última terça-feira (8), a vida dele e da esposa, Juliana Cunha Lima, grávida de seis meses, virou de cabeça para baixo. Na quarta-feira (9), o político se manifestou, usando o perfil nas redes sociais, para dizer que o casal vive ”alguns dos piores dias” de suas vidas, alegou que a ”família foi exposta ao ridículo, ao escárnio público” e reclamou do vazamento do vídeo.

“Decidimos falar abertamente a respeito do que aconteceu porque, apesar da dor, não temos nada a esconder (e nem teríamos como)”, escreveu. No texto, ele ainda argumenta que não pode ser responsabilizado pelas atitudes de familiares ”Muito menos de um sogro ou sogra”.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo o prefeito, a esposa não convive com a mãe há mais de dez anos e ”se entristeceu” com os ataques que sofreu junto ao marido desde que o vídeo vazou. “Vi minha esposa com seis semanas de gravidez chorar duplamente — chorar por não ter a convivência com a mãe há mais de dez anos e chorar por ver a mãe em uma situação tão delicada”, escreveu.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Microfone do cantor Gustavo Mioto é desligado durante show• Rogério Cruz atualiza tabela salarial de servidores para 2022• Em Goiânia, Caiado e Rogério Cruz reforçam parceria de União Brasil e Republicanos

“Vi o quanto a nossa geração está perdida, o quanto o amor das pessoas esfriou, afinal, em vez de estender a mão para ajudar, essas mesmas mãos trabalharam para apedrejar quem já havia caído”, disse.

A esposa dele, Juliana Cunha, também se manifestou e falou sobre a sua relação com a mãe. Ela afirmou que as pessoas tentaram difamar ela e o marido.

”Para todas as pessoas que, de alguma forma compartilharam “a notícia” da semana passada, politizando algo pessoal, com a intenção de tentar difamar a mim, ao meu marido e às minhas irmãs, ou apenas riram e acharam graça, desejo uma cura sobrenatural ao coração de cada um”, publicou.

Reelembre o caso

O vídeo vazou no twitter na última terça-feira (8) através da #fofocadecampina. Nele, a mãe da primeira-dama, Soraya Brito, aparece cheiro pó de cocaína com uma nota de R$ 100 nas nádegas de uma mulher, que seria sua namorada. O vídeo foi gravado em um motel da cidade.

Segundo portais, Soraya seria ”terrivelmente evangélica”, bolsonarista e conservadora. As proporções foram tão grandes que a mulher chegou a apagar suas redes sociais.

Confira:

Tags: