Vila Nova vira para cima do Londrina, mas empata novamente na Série B

Fora de casa, Tigre faz jogo agitado com o Tubarão e acumula quarta igualdade no torneio

O Vila Nova deixou escapar uma vitória certa no Estádio do Café. Depois de sair perdendo e virar o placar, aproveitando a expulsão de um jogador adversário, o Tigre sofreu o empate nos acréscimos e ficou no 2×2 contra o Londrina. O confronto aconteceu pela 5ª rodada do Brasileirão Série B. O alvirrubro segue sem vitórias até o momento, com quatro empates e uma derrota. Na tabela de classificação, a equipe figura na zona da degola.

Londrina 2×2 Vila Nova

A esperança do Vila Nova de adquirir o primeiro triunfo na Série B de 2022 diminuiu consideravelmente após sofrer um golpe duro na primeira volta do relógio. Depois de cruzamento na área, Gabriel Santos subiu com total liberdade e cabeceou com precisão para abrir o placar a favor dos mandantes.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O Tigre respondeu de cabeça também, aos sete minutos. Rafael Donato balançou as redes e empatou, mas o VAR apareceu e a jogada foi anulada por impedimento. Aos 12, Douglas Coutinho ampliou para o Londrina, mas também em posição irregular. Ao longo da etapa, os dois times conseguiram bons lances, mas não voltaram a marcar.

LEIA TAMBÉM

• Goiás perde para o América e amarga a zona de rebaixamento• Com dupla ‘Lei do Ex’, Atlético-GO é derrotado pelo São Paulo• Em último lugar na Série B, Vila Nova contrata terceiro técnico na temporada

No segundo tempo, a história foi totalmente diferente. Aos 11 minutos, o lateral direito Watson recebeu cartão vermelho após falta dura em Victor Andrade e o Vila Nova ficou com um jogador a mais em campo.

A equipe logo tratou de capitalizar essa situação. No lance seguinte, Pablo Dyego aproveitou cobrança de falta e desviou de cabeça para empatar a partida. Desta vez, o gol valeu. Oito minutos depois, o árbitro observou toque de mão de Augusto após auxílio do VAR e apitou penalidade máxima para o Tigre. Arthur Rezende não desperdiçou.

Era tudo que o Vila Nova precisava, mas a vitória novamente escapou de mãos goianas. Aos 48, João Paulo pegou sobra de fora da área e chutou de primeira para igualar de novo as ações. Um empate que valeu como triunfo para o Tubarão, e que valeu como revés para o Tigre.

Tags: