Home»Cotidiano»Violência contra a Mulher ocorre a cada dois segundos no Brasil, diz pesquisa

Mesmo com a estatística alta muitos casos não são denunciados

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Segundo os dados do Instituto Maria da Penha que usam como base a pesquisa realizada pela Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública realizada em fevereiro de 2017 e que abrangeu 130 municípios. Foi constatado que a cada dois segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil e  cada 1.4 segundo uma mulher é vítima de assédio. Apesar de os números serem alarmantes, muito casos não entram para as estatísticas porque não são denunciados.

Nos últimos anos, o tema tem sido mais debatido e é através disso que mais mulheres se sentem confortáveis para falar e denunciar, mesmo que ainda haja muito a avançar. Um exemplo do efeito cascata é o movimento Time’s Up. Criado por atrizes, diretoras e produtoras da indústria do cinema americano, o movimento surgiu depois que diversas denúncias contra o produtor Harvey Weistein vieram à tona. Veja alguns possíveis motivos para que isso aconteça:

1 – Descrédito

O medo é uma das principais causas, já que  na hora da denúncia, a mulher será desacreditada. O Brasil possui delegacias especializadas no atendimento à mulher, mas, apesar disso a reprodução de comportamentos machistas afasta a vítima.

2 – Perfil público do autor

Outro problema é como a figura do agressor se comporta com outras pessoas. Silvia ressalta que muitas vezes um “bom amigo” pode ter um perfil diferente dentro de relacionamento.

3 – Vínculo

Em relação a violência doméstica, a decisão de denunciar o agressor é sempre mais difícil. A vítima tem geralmente um vínculo não apenas financeiro, como emocional com o agressor.

4 – Vergonha da exposição

A sociedade vê o casamento como parte de uma vida de “sucesso”. Assumir que essa relação tem problemas é um passo difícil para muitas mulheres. A vergonha de expor as agressões para a sociedade e mesmo para agentes públicos é uma barreira que precisa ser quebrada para encerrar o ciclo de violência, segundo as especialistas.

5 – Machismo

O machismo é cultural e faz parte da sociedade brasileira, além dos homens, mulheres também repetem padrões de comportamento que denigrem a mulher, corroboram para a violência de gênero e tornam aceitáveis agressões e assédios.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!