Jornal Diário do Estado

Marido de cantora gospel encontrada em matagal confessa o crime

Em áudio divulgado pela irmã da cantora, ela dizia que o esposo queria comprar uma arma e que se separaria dele caso o fizesse

O marido da cantora gospel Sara Mariano, Ederlan Mariano, foi preso após confessar ter matado a esposa, segundo a Polícia Civil. A mulher estava desaparecida desde terça-feira, 24, e foi encontrada morta na sexta-feira, 27, em um matagal. O homem confessou o crime para a polícia na madrugada deste sábado, 28.

Neste sábado, a irmã da cantora gospel, Soraya Correia, divulgou uma mensagem de voz em que Sara dizia que o marido queria comprar uma arma. “O cara tá trazendo uma arma aí pra mim porque eu quero comprar uma arma. Aí eu disse ‘se tu comprar uma arma eu me separo de tu viu? Porque do jeito que tu é, sem arma tu já destrói tudo, imagina com arma’”, relatou.

Entenda o caso

Polícia Militar da Bahia encontrou o corpo da cantora gospel Sara Mariano, de 34 anos, carbonizadona rodovia BA-093, próximo à entrada do distrito de Leandrinho. A cantora estava desaparecida desde a noite de terça-feira, 24.

O esposo da cantora, Ederlan Mariano, foi chamado ao local e fez o reconhecimento do corpo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que estão em busca do motorista que buscou a cantora em casa, para levá-la até o possível assassino.

Conforme informado, a cantora teria saído de casa para atender uma agenda em uma igreja evangélica na cidade de Dias D’Ávila. O marido de Sara não a teria acompanhado para o compromisso por ser um “evento para encontro de mulheres”.

O casal, que está junto há 13 anos, comanda a TV Shalom, de conteúdos evangélicos.

A Polícia informou que o corpo já estava em estado avançado de decomposição. Apesar do reconhecimento feito pelo marido de Sara, ainda será feito um exame de DNA para confirmar que o corpo encontrado se trata da cantora.