Jornal Diário do Estado

Mulher tenta matar marido por receber cartão-postal de ex de 60 anos atrás

Americana mordeu e tentou asfixiar esposo com travesseiro; eles estão juntos há 52 anos

Bertha Yalter, de 71 anos, foi presa em 28 de janeiro, em Miami Beach (Flórida, EUA) , por tentar matar o marido após ele receber um cartão-postal de ex com quem ele namorou há 60 anos atrás. A americana mordeu e tentou asfixiar o marido com um travesseiro, eles estão juntos há 52 anos

Bertha atacou o seu marido, mesmo Yalter, após ela ler o cartão-postal com mensagem da mulher que foi namorada de Memo, na adolescência, e que estava viajando pela Turquia. O conteúdo da correspondência não foi divulgado.

De acordo com a reportagem da emissora WPLG, a americana infligiu “vários hematomas graves e lacerações abertas, bem como marcas de mordidas abertas que sangravam” no marido. Durante o ataque, a idosa tirou o celular do cônjuge para que ele não pudesse pedir ajuda. A vítima conseguiu escapar do ataque e, após recuperar o celular, ligou para a polícia.

Antes de ter o telefone “confiscado” pela esposa, Memo conseguiu gravar partes das agressões. As imagens foram usadas pela polícia para indiciar Bertha. A idosa foi liberada após pagamento de fiança. Mas deve se manter longe do marido.

O advogado de Bertha, Jeffrey Weiner, disse que Memo deseja que o caso seja encerrado, alegando “estar bem”. A Promotoria, por sua vez, deseja prosseguir com o caso. “Eles discutiram, a situação saiu do controle, mas não havia absolutamente nenhuma razão para ela ser acusada de tentativa de homicídio”, disse Weiner, chamando a situação de “lamentável” e “desagradável”.