Em surto psicótico, passageiro de ônibus é resgatado pela PRF na BR-060

Homem estava no veículo que saiu de Alagoas, desceu em uma parada e não retornou. Passageira e funcionário de restaurante foram apoio no resgate

O caso não é inédito, mas foge um pouco à rotina de trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que, na manhã desta quinta-feira, 16, resgatou um homem que estava em surto psicótico. A ocorrência se deu na BR-060, no Entorno do Distrito Federal.

Conforme os agentes da PRF, o homem tem 42 anos e é morador de Arapiraca, em Alagoas, de onde teria saído dois dias antes. A ação da PRF aconteceu a partir de ligação telefônica do funcionário de um restaurante, avisando sobre a condição ‘fora do normal’ do resgatado, semelhante a um surto psicótico.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Ele estava em um ônibus, mas desceu durante a parada e não retornou. Ele largou alguns documentos no veículo, incluindo uma agenda telefônica, que foram encontrados por uma passageira identificada como Maria. A mulher tratou de ligar para o restaurante e também para familiares dele, que moram em Goiânia.

LEIA TAMBÉM

• Prefeitura de Goiânia disponibiliza 150 vagas para cursos na área industrial• Mulheres são a maioria do eleitorado, mas seguem com pouca participação• Covid-19: Veja onde se imunizar nesta quarta-feira, 17, em Goiânia

Segundo ela, os parentes contatados informaram que o homem não tinha problemas até entrar em surto após a morte da mãe, pouco tempo atrás. “A irmã dele disse que não teria condições de vir buscá-lo e eu paguei a passagem para ela vir de Goiânia. A família não tem condições e senti necessidade de ajudar”, detalhou Maria.

Por algumas vezes, durante o percurso, o homem já teria tentado deixar o ônibus, mas foi impedido por outros passageiros. Ele ficou sob os cuidados da equipe da PRF, no posto do Recanto das Emas, até a chegada da irmã O passageiro também recebeu atendimento médico de uma equipe de resgate da concessionária que administra a BR-060.

 

Tags: