História de Marielle Franco vira historia em quadrinhos

Lançado nesta terça-feira (27), a HQ irá contar toda a infancia e juventude da ex-veradora Marielle Franco que foi assassinada em 2018.

Foi lançada nesta terça-feira (27), um gibi em homenagem a Marielle Franco, dia em que o deputado faria 42 anos. Como todos sabemos, Marielle, cresceu na  favela da Maré, e foi assassinada junto com seu motorista Anderson Gomes em março de 2018.

A HQ narra a trajetória da vereadora, percorrendo sua infância e juventude. O lançamento da revista reuniu a irmã da política, Anielle Franco e o rapper Emicida em live no Instagram.

Iniciativa do Instituto Marielle Franco, a publicação apresenta um lado da história de Marielle que poucos conhecem e pretende inspirar meninas e jovens de favelas e periferias. “Queremos potencializar os sonhos de mulheres negras que buscam transformar as suas realidades”, escreveu Anielle uma publicação no Instagram.

Na primeira edição, a HQ conta as origens da família de Marielle, no Complexo da Maré, e os estudos da jovem e sua formatura na faculdade. O material pode ser acessado de forma gratuita pelo link, e em breve ganhará uma versão impressa.

Toda a revista é produzida apenas por profissionais negros, da escrita à diagramação, e financiada pela Fundação Rosa Luxemburgo e pela Fundação Lauro Campos e Marielle Franco.

A ideia de transformar a trajetória de Marielle em quadrinhos surgiu em 2018, quando Anielle Franco se deparou com o desafio de contar a história da irmã para crianças e jovens nas salas de aula.

Os apontados como executores do assassinato da vereadora e de Anderson Gomes são o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-policial Elcio Queiroz, que estão presos. A motivação do crime ainda é alvo de investigação.

Tags: