Home»Rede»Membros de House of Cards acusam Kevin Spacey de abuso sexual

Membros de House of Cards acusam Kevin Spacey de abuso sexual

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

MRC, produtora “House of Cards’ junto à Netflix, emitiu um comunicado, admitindo que já haviam recebido uma denúncia desse tipo ainda em 2012

Após os atores Anthony Rapp e Roberto Cavazos, e o cineasta Tony Montana, outros membros da equipe da série House of Cards afirmaram que foram assediados pelo ator Kevin Spacey, astro da programação e estrela de vários filmes.
Segundo reportagem da CNN, um ex-assistente de produção afirmou que foi abusado sexualmente quando ele foi havia sido designado a levar Spacey de carro para o set de filmagens. Segundo ele, o ator colocou as mãos em sua calça do rapaz, que ficou sem acreditar no que estava acontecendo. “Ele era um homem em uma posição muito poderosa na série e eu era alguém muito baixo na hierarquia de lá“.

Ainda segundo o relato, assim que eles chegaram no set, Kevin o encurralou e fez um contato ‘inapropriado’ com ele. “Eu disse a ele: ‘Não acho que eu esteja bem com isso, acho que não estou confortável com isso‘.O rapaz disse que o astro ficou “visivelmente nervoso”, fugiu do set e não voltou mais durante o dia.

O abuso relatado teria ocorrido meses após o assistente de produção queixar-se a um supervisor de que Spacey estava o assediando sexualmente. A solução do supervisor teria sido nunca deixar o assistente de produção sozinho com o Spacey enquanto estavam no set. “Não tenho dúvidas de que esse tipo de comportamento predatório era rotineiro para ele e que minha experiência era uma das muitas e que Kevin tinha poucas dúvidas sobre a exploração de seu status e posição”.

O homem ainda disse que o local era um ambiente perigoso para homens jovens “que tinham que interagir com ele”. Outros 7 membros da equipe confirmaram que também foram alvo dos abusos de Kevin.

A MRC, produtora “House of Cards’ junto à Netflix, emitiu um comunicado, admitindo que já haviam recebido uma denúncia desse tipo ainda em 2012.

Confira:

“Estamos profundamente preocupados com essas novas alegações que estão sendo feitas à imprensa sobre a interação de Kevin Spacey com membros da equipe de House of Cards. Como produtora da série, criar e manter um ambiente de trabalho seguro para o nosso elenco e a equipe sempre foi nossa principal prioridade. Reforçamos consistentemente a importância de os funcionários reportarem qualquer incidente sem medo de retaliação e investigamos e tomamos as ações apropriadas diante de qualquer queixa. Por exemplo, durante o nosso primeiro ano de produção em 2012, alguém da tripulação compartilhou uma queixa sobre uma observação e um gesto específicos feitos por Kevin Spacey. Foi realizada uma ação imediata após a nossa revisão da situação e estamos confiantes de que o problema foi resolvido prontamente para o bem-estar de todos os envolvidos“, declarou a empresa.

O serviço de streaming também comentou sobre o caso de 2012: “A Netflix foi informada de um incidente, há cinco anos, que foi resolvido rapidamente. Na terça-feira, em colaboração com a MRC, suspendemos a produção. A Netflix não está ciente de outros incidentes envolvendo Kevin Spacey no set. Continuamos a colaborar com a MRC e outras produções parceiras para manter um ambiente de trabalho seguro e respeitoso”.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!


Comente a vontade