10 curiosidades sobre as festas juninas

Confira a lista de fatos e curiosidades sobre as festas juninas que você provavelmente ainda não sabia

Por Lígia Saba 

O mês das tradicionais festas juninas já está quase chegando ao fim, mas ainda da tempo de saber um pouco mais sobre esta celebração popular que todo mundo ama. Confira abaixo uma lista com 10 fatos e curiosidades que você provavelmente ainda não conhecia sobre as festas juninas.

10. A festa junina é dedicada aos santos. As comemorações de junho simbolizam a devoção a três santos populares da igreja católica: Antônio, celebrado no dia 13, João, no dia 24, e Pedro, no dia 29.

9. Quem acha que festa junina só acontece no Brasil esá enganado, a festa também existe na Europa. As festas juninas são realizadas principalmente nos países de influência católica e no norte da Europa, devido a herança pagã.

8. É por falar em herança pagã, a festa junina tem origem em rituais pagãs. As festas têm origem na celebração pagã do solstício de Verão no hemisfério Norte, que foi incorporada aos ritos católicos na Idade Média.

7. A fogueira tipíca das festas juninas surgiu como um símbolo de purificação. Povos antigos do hemisfério Norte acendiam fogueiras no início do verão como símbolo de purificação para um novo ciclo de plantio e colheita.

6. Já para a igreja, a fogueira homenageia uma combinação entre Isabel, mãe de João Batista, e Maria, mãe de Jesus. Grávida, Isabel acenderia uma fogueira no alto da montanha para que Maria ficasse sabendo que era hora do parto e partisse em seu auxílio.

5. A dança típica das festas junina tem origens nobres. A dança francesa quadrille, dançada a quatro pares, era considerada chique pelos portugueses e chegou ao Brasil no século 19 para as festas da elite. Aos poucos, foi incorporando elementos da cultura local e virou a quadrilha que conhecemos hoje.

4. E falando em quadrilha cada região tem suas próprias tradições. Com o tempo, a quadrilha ganhou versões regionais pelo Brasil, como a caipira, em São Paulo, e a dançada em grandes grupos no nordeste, em ritmos acelerados e temáticas variadas.

3. Outros elementos típicos da festa são os balões e fogos de artificio, que eram usados, a princípio, para avisar aos moradores da área rural que a festa estava começando. Hoje, balões são proibidos pelo risco de incêndios, e os fogos estão sendo restringidos em diversas localidades pela alta ocorrência de acidentes e pela poluição sonora.

2. Conhecido como “O Maior São João do Mundo”, o evento oficial da prefeitura de Campina Grande (PB) recebe mais de um milhão de pessoas por ano.

1. Conhecidas como o principal enfeite decorativo das festas juninas, as bandeirolas surgiram como forma de homenagem aos três santos conhecidos como “padroeiros” das Festas Juninas: Santo Antônio, São Pedro e São João. As imagens dos santos eram pregadas nas bandeiras coloridas e imersas em água, rito conhecido como lavagem dos santos.

Tags: