10 curiosidades sobre o basquete

Confira a lista de fatos interessantes e curiosidades sobre os jogos de basquete

Por Lígia Saba 

O basquetebol é um jogo desportivo coletivo inventado em 1891 pelo professor de Educação Física canadense James Naismit, na Associação Cristã de Rapazes de Springfield, Massachusetts, Estados Unidos. É disputado por duas equipes de 12 jogadores (5 em campo e 7 suplentes) que têm como objetivo passar a bola por dentro de um cesto e evitar que a bola entre no seu cesto colocado nas extremidades da quadra, seja num ginásio ou ao ar livre. Confira abaixo uma lista com 10 fatos interessantes e curiosidades para conhecer um pouco mais sobre o basquete.

10. O basquete foi criado em 1891 pelo norte-americano James Naismith, professor de Educação Física da Associação Cristã de Moços de Springfield.  Ele queria desenvolver um jogo que pudesse ser praticado mesmo em dias chuvosos e que fosse menos brutal do que o futebol americano, que possui contato físico bem forte entre os jogadores. A primeira vez que foi disputada uma partida de basquetebol ocorreu na escola em que o criador do esporte lecionava.

9. O time masculino de basquete que representou os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de 1992 em Barcelona é considerado uma das melhores equipes de todos os esportes na história. Imagine todos os melhores jogadores de uma modalidade atuando juntos. Foi isso que garantiu o ouro para os norte-americanos. O Dream Team contava com nomes de peso como Michael Jordan, Patrick Ewing, Larry Bird, Charles Barkley e Magic Johnson.

8. Diferente dos outros esportes, o Brasil foi pioneiro quando o assunto é disputar o basquetebol. O Brasil foi o pioneiro entre os países latino-americanos na prática deste esporte. O basquete estreou por aqui no ano de 1896.

7. Michael Jordan está para o basquete como Pelé está para o futebol. O maior da modalidade e não se discute isso. Seis vezes campeão da NBA, medalhista de ouro e lenda nas quadras, o legado de MJ é mantido até hoje e ele é considerado um dos maiores esportistas de todos. Atualmente não existe apenas um, mas sim alguns jogadores que se destacam como os principais nomes do basquete. LeBron James (Los Angeles Lakers) e Stephen Curry (Golden State Warriors) disputam o posto de melhor da liga todos os anos e conquistaram milhões de fãs ao redor do mundo.

6. Todos nós nos impressionamos com a altura de jogadores profissionais de basquetebol, afinal, são homens e mulheres absurdamente altos. Entretanto, no início do esporte, os atletas não eram tão altos assim. Eles ficavam, na média, entre 1,75m e 1,80m, enquanto que atualmente, a maioria dos jogadores mede entre 1,95m e 2,05m.

5. O Brasil faz muito bonito no basquete e isso pode ser visto pelos nossos principais atletas. Oscar Schimidt não é chamado de “Mão Santa” por qualquer motivo. Ele é o maior pontuador da história do basquete, com incríveis 49.703 ao longo da carreira. Além dele, a presença feminina no basquete é também muito forte. As brasileiras conquistaram uma medalha nas Olímpiadas de 1996 e fez história com nomes como “Magic” Paula, Hortência e Janeth.

4.  O primeiro jogo oficial de basquete foi disputado em 11 de março de 1892. O jogo foi realizado no Springfield College, sendo que o time formado pelos alunos venceu o dos professores pelo placar de 5 a 1.

3. É comum pensarmos que os Estados Unidos dominam o basquete, mas tem outros países que fazem bonito nesse esporte também. Entre os principais, destacam-se o Brasil, Argentina e Espanha. Além deles, a Lituânia é também considerada uma potência do basquete. Ele é o principal esporte do país, possui uma liga nacional forte e jogadores que também atuam na NBA.

2. A primeira bola de basquete foi produzida pela empresa Chicope Falls, de Massachusetts, em 1894. Antes, usava-se uma bola de futebol. Na NBA, a circunferência da redonda laranja é de 76 cm e o diâmetro é de 23 cm. Ela deve ser inflada entre 0,51 e 0,57 atm.

1. Um dos maiores símbolos do basquete era ligeiramente diferente quando foi criado. As bolas eram originalmente marrons no início do esporte, mas a cor era considerada difícil de enxergar pelos atletas e torcedores que assistiam aos jogos. A mudança aconteceu em 1958, quando o técnico Tony Hinkle, do time da Universidade de Butler, nos Estados Unidos, decidiu mudar para laranja. A ideia dele fez sucesso e fez com que essa passasse a ser a oficial para todos os jogos até os dias de hoje.

Tags: