Alysson Lima diz que vai manter postura independente na Câmara

Em entrevista ao Diário do Estado, o vereador Alysson Lima (PRB), afirmou que manterá uma postura independente na Câmara Municipal de Goiânia. A sigla do parlamentar faz parte da base do prefeito Iris Rezende (PMDB) e também tem um secretário na gestão, Macxuell Novais Ferreira, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), fatos que para Lima não interferem em seu posicionamento dentro do plenário.

“A minha posição política dentro da Câmara, apesar do PRB ser um partido da base, existe uma relação do PRB com Iris, temos um secretario da Sedetec, mas meu posicionamento é independente. Eu não faço parte da base nem oposição, nem da situação, eu vou ser guiado unicamente pela minha consciência”, afirmou.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Ele indicou o primeiro tema polêmico em que manterá sua postura: o aumento do IPTU. “Sou contra e vou segurar minha posição até o fim. E inclusive nesse contexto nem precisamos falar de correção anual, sou totalmente contra. A gente não tá no momento de falar de imposto”.

LEIA TAMBÉM

• Estudante autista é rejeitado em universidade goiana por não ser pardo• Pastor goiano disse em entrevista que cooperou para aproximar prefeitos ao MEC• IBGE abre concurso com quase 3 mil vagas em Goiás

Lima também disse que até o momento não existe lados muitos claros na Casa. Segundo ele, situação e oposição ainda estão definidas. “Vi muitos vereadores que se dizem da base do Iris criticando muito de maneira muito acentuada”, pontua.

Entrevista
Você pode conferir a entrevista completa com o vereador Alysson Lima amanhã (10), na versão impressa do jornal Diário do Estado ou pelo nosso site.

Tags: