Brasil confirma primeiro caso de varíola dos macacos, em São Paulo

País investiga outros oito casos suspeito da doença em seis estados. Há pelo menos 780 casos de varíola de macacos em todo o mundo

O Brasil confirmou, nesta quarta-feira (8), o primeiro caso de varíola dos macacos na cidade de São Paulo. O homem, de 41 anos, que viajou à Espanha, foi colocado em isolamento no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na Zona Oeste da capital. Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) de São Paulo disse que “as amostras do caso ainda estão em análise pelo Instituto Adolfo Lutz” e que o paciente “teve início dos sintomas, como febre e dor muscular, no dia 28 de maio”.

Além deste caso, a Prefeitura de São Paulo informou que monitora o estado de saúde de uma mulher de 26 anos hospitalizada com suspeita de ter contraído a doença. Familiares e pessoas próximas à paciente também estão sendo acompanhados pela gestão municipal. Em nota divulgada nesta quarta (8), o Ministério da Saúde (MS) informou que oito casos estão em investigação em todo o país. Segundo a pasta, Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo têm um caso suspeito cada um, e há ainda dois casos em monitoramento em Rondônia e outros dois em Santa Catarina.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

LEIA TAMBÉM

• Após entrave com Eduardo Bolsonaro, Tiririca muda de número para eleições• Três candidatos por Goiás estão na lista dos mais ricos do Brasil• Pesquisa Ipec: PT lidera em São Paulo e PL, no Rio de Janeiro

Neste domingo (5), a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou ter confirmado 780 casos de varíola de macacos em todo o mundo. Os dados correspondem ao intervalo entre 13 de maio e 2 de junho e leva em conta apenas pacientes identificados em locais em que a doença não é endêmica. Segundo a entidade, não houve mortes relatadas.

Tags: