Trisal de Tocantins explode na internet ao assumir relacionamento publicamente

Casal que vivia junto há 15 anos resolveu experimentar a novidade e há um ano e meio vivem nova configuração

Graziela Veras, de 31 anos, Diogo Simon, de 33, e Natalia Bezerra, de 26, são o mais recente trisal famoso nas redes sociais. A configuração ainda não prevista legalmente foi assumida por há pouco tempo na internet pelos moradores de Palmas, no Tocantins, e gerou bastante repercussão.

Casados há 15 anos, Graziele e Diogo resolveram experimentar a novidade há cerca de um ano e meio. A ideia surgiu quando um amigo perguntou a ela se aceitaria ficar com uma mulher. Pouco tempo depois, o casal decidiu lançar investidas sobre Natalia que, receosa, recusou incialmente e agora celebra a relação.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Quanta coisa ainda vamos passar para sustentar esse amor, mas não vamos nos calar, nem se [sic] esconder, vamos lutar sempre juntos contra todo tipo de preconceito. Porque o amor merece vencer!”, postou Natalia em uma das publicações mais recentes.

LEIA TAMBÉM

• “Marisa Monte perdeu a virgindade com Alexandre Frota”, revela Cláudia Raia• Cantor Naldo se envolve em polêmica atrás de um encontro a três• Instagram bugado? Usuários relatam instabilidade da rede social

Trisal compartilha a rotina pela internet com foto, vídeos e respondendo dúvidas. Foto: Reprodução/Instagram

Nos perfis do trio numa rede social, as fotos de todos juntos dominam o feed. Graziela afirma em uma delas que a opinião das pessoas acerca do arranjo não muda em nada a relação deles. “Somos pessoas adultas, que se amam, que se admiram e que, acima de tudo, se respeitam”, descreve em uma de suas legendas.

Mudanças sociais

O poliamor é uma configuração adotada por muitas pessoas, apesar do preconceito. Há muitos perfis de internautas nas mídias sociais defendendo a prática, mostrando a rotina do relacionamento e respondendo dúvidas dos curiosos.

A legislação brasileira, no entanto, não contempla a possibilidade de um relacionamento formado por mais de duas pessoas. O teor do Código Civil prevê a monogamia e o Supremo Tribunal Federal não recepciona esse formato de entidade familiar, ou seja,  não há garantias jurídicas para seus integrantes em caso de separação.

Tags: