Ceia de Natal: Dicas para não intoxicar no dia seguinte

Com a chegada do Natal, a hora mais esperada é a ceia, não é mesmo? Ansiosos pela comilança e pela confraternização, muitas vezes em família, o que não podemos esquecer é de não exagerar na ingestão dos alimentos para não ocasionar em uma intoxicação no dia seguinte.

A nutricionista clínica, Stéfanie Nobre Rocha, explica que é preciso ter mais cuidado com os alimentos de origem duvidosa. “Seriam os alimentos mal armazenados, que tem necessidade de estar refrigerado ou então que está fora do local de armazenamento adequado. Exemplos como a maionese, alimentos a base de peixe, frios e os laticínios” explica.

Alertando também que o álcool ingerido junto com comidas mais pesadas, pode prejudicar na digestão provocando constipação, ressaca e até mesmo ganho de peso, já que contém alto teor calórico. Além de ingerir bastante líquido, como água, sucos naturais ou da polpa da fruta e evitar refrigerante e também sucos de caixinha é uma boa opção para não ter desidratação.

Dica de Digestão

A nutricionista clínica e esportiva, Vanessa Pereira, disse que uma dica que auxilia na digestão é “antes de iniciar a refeição, tomar um shot de limão espremido e de sobremesa comer uma rodela de abacaxi, que já auxilia na digestão e no dia seguinte, muito líquido, água e comidas mais leves para ir voltando ao ritmo normal” explica.

Outra dica é olhar tudo que está servido antes de colocar no prato. Começar pelas opções mais leves como, saladas, frutas, carne e deixar os carboidratos por último. “Tendo moderação, já que a ceia é época de confraternizar, come um pouco e coloca o papo em dia com os parentes que no fim tudo da certo” aconselha Vanessa.

Nutricionista: Vanessa Pereira Foto: Divulgação

 

 

 

 

Tags: