China autoriza OMS a investigar origem da Covid-19

Os trabalhos serão iniciados na quinta-feira, 14

Após meses de negociações e um ano depois da eclosão da crise sanitária, a Organização Mundial da Saúde, (OMS), conseguiu a autorização para enviar equipes de especialistas para a China para investigar a origem da Covid-19. Os trabalhos serão iniciados na quinta-feira, 14. Porém não existem garantias que Wuhan, local onde o vírus foi detectado pela primeira vez no final de 2019, poderá ser visitado.

A missão internacional havia sido enviada na semana passada. Porém, a China bloqueou a entrada do grupo, afirmando que existia um mal entendido sobre as datas da viagem. Eles alegaram que equipes do governo estavam ocupadas devido ao aparecimento de novos surtos pelo país. A postura fez a OMS criticar abertamente o governo de Pequim. 

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na China, membros do governo afirmam que Wuhan não seria o único local de surgimento do vírus. Enquanto governos internacionais querem usar a investigação para provar que a China não foi transparente com os fatos, e que deveria ser necessário refazer os métodos para identificar um surto perigoso. 

Para os técnicos, encontrar a origem do vírus é uma necessidade científica. Para o grupo, é fundamental saber sua origem e circulação entre os humanos para erradicar o vírus.

 

Tags: