China confirma primeiro caso em humano de nova gripe aviária H10N3

O vírus H10N3 nunca foi encontrado em um humano e tem a possibilidade de propagação baixa

A Comissão Nacional de Saúde da China (NHC) informou nesta terça-feira (1º) que o primeiro caso humano de infecção com a cepa H10N3 da gripe aviária foi confirmado em um homem de 41 anos na província de Jiangsu, ao leste do país.

O homem foi hospitalizado no dia 28 de abril após desenvolver febres e outros sintomas. Ele foi diagnosticado com o vírus da gripe no dia 28 de maio e atualmente se encontra em quadro estável e está pronto para receber alta do hospital. Todas as pessoas que tiveram contato próximo ao homem foram consultados e nenhum foi diagnosticado com a doença.

De acordo com o NHC, o vírus é menos severo em aves domésticas e o risco de se espalhar em grande escala é muito baixo.

Não houve um número significado de infecções humanas com a gripe aviária desde a cepa H7N9 que matou cerca de 300 pessoas entre 2016 e 2017. As cepas de gripe aviária estão presentes na China e algumas pessoas são infectadas esporadicamente.

Segundo a NHC, nenhum caso de infecção humana com H1N03 havia sido relatado anteriormente em todo o mundo, sendo este o primeiro caso.

Tags: