Cinco pacientes receberam órgãos de jovem morto em racha, em Goiânia

"Salvar outros filhos', diz pai de rapaz estava internado desde acidente que o arremessou de carro em alta velocidade no último sábado (07).

O pai de um dos jovens envolvidos no racha que teve morte cerebral confirmada nesta terça (10) decidiu doar os órgãos do rapaz. Wictor Fonseca, de 20 anos, é a segunda vítima de um acidente na avenida T-9 na madrugada do último sábado. Ele estava em uma caminhonete que disputava em alta velocidade com uma BMW e capotou. A primeira, que ocorreu no próprio local, é Marcella Gomes, de 15 anos.

O corpo do universitário passou por processo de captação de rins, fígado e córneas que  beneficiaram cinco pessoas no estado, segundo informações do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Em entrevista ao G1 Goiás, o administrador Cleuber Rodrigues afirmou que não tem raiva de ninguém, está focado no filho e na ausência que o garoto faz.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Todo mundo falava que o meu filho era uma pessoa solidária, uma pessoa humilde, ajudava as pessoas sem ver quem. Eu senti o coração bem tranquilo que eu poderia agora ajudar um pai e uma mãe com o coração apertado. Eu resolvi doar os órgãos do meu filho para, quem sabe, salvar o filho de um pai e de uma mãe aí”, disse.

Uma das meninas que estava nos carros permanece internada com quadro de saúde estável. O motorista da BMW, Arthur Yuri, de 18 anos, fugiu logo após o acidente e o condutor da caminhonete, Eduardo Henrique Resende, de 22 anos, recebeu atendimento no Centro de Referência em Ortopedia e Fisioterapia (CROF), mas fugiu da unidade de saúde. Marcella Amaral, de 15 anos, foi a vítima fatal do racha.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Jovem é colocado em camburão e encontrado morto horas depois• Anápolis vai ganhar nova delegacia que investiga crimes raciais e de intolerância• Pai de ex-BBB morre em acidente de trânsito neste sábado, 13, em Goiás

A tragédia aconteceu após o grupo de amigos sair de uma boate no setor Marista onde haviam ingerido bebida alcóolica durante toda a noite. A Polícia Civil instaurou inquérito e segue as investigações. De acordo com o delegado adjunto da Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), Thiago Damasceno, os motoristas dos veículos envolvidos serão ouvidos nesta quinta (12).

Tags: