// Poder

Após repercussão negativa, Daniel Silveira pode sair da CCJ

Deputado federal, recentemente condenado a mais de oito anos de prisão pelo STF, foi a indicação do seu partido, o PTB-RJ, para fazer parte da Comissão mais importante da Casa

Em

A indicação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal repercutiu de maneira negativa em todo o País.

O parlamentar recentemente foi condenado a mais de oito anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por crimes como ataques a democracia e ameaças a ministros da Corte.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Pensando em evitar o aumento da tensão entre o STF e a Câmara Federal, tudo indica que o deputado pode não fazer parte da CCJ. O presidente da Casa, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), inclusive, já teria procurado ministros do Supremo para avisar a decisão.

LEIA TAMBÉM

• Quatro vereadores de Goiânia estão na mira do MP por homofobia• Justiça pode acionar Humberto Teófilo por fake news envolvendo Caiado• Câmara aprova projeto que torna grafite patrimônio público urbano em Goiânia

A informação divulgada pela CNN é que Lira já acionou o PTB para que indique outro deputado do partido para fazer parte do grupo que tem como presidente Arthur Maia (União Brasil – BA). Mas, por enquanto, a assessoria do PTB na Casa disse que não foi comunicada sobre a decisão e que, até o momento, Silveira segue na CCJ.

Além da CJ, Daniel faz parte como membro titulares de outras quatro comissões permanentes da Câmara – Cultura, Educação, do Esporte e da Segurança Pública.

 

Tags: