Home»Cotidiano»Decretada situação de emergência para os rios Meia Ponte e João Leite

Medida foi adotada para evitar o desabastecimento do sistema, como ocorreu no ano passado

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

O governo de Goiás decretou situação de emergência nas bacias dos rios Meia Ponte e João Leite durante o período de 290 dias. O decreto do governador foi anunciado nesta terça-feira (13) e já foi publicado no Diário Oficial do Estado. Segundo o documento, a captação de água nas bacias dos rios poderá ser restringida ou suspensa para atividades agropecuária, industrial, comercial e de lazer para priorizar o abastecimento de consumo humano e dessedentação de animais. A Secima fiscalizará o cumprimento das medidas adotadas e aplicará as sanções legais cabíveis.

A justificativa para aderir a essa medida de emergência  é por conta da escassez de chuvas dos últimos 20 anos nas bacias dos rios Meia Ponte e João Leite, que se acentuou nos últimos quatro anos. Como aconteceu no ano passado em Goiânia, um déficit de 481 mm de chuvas em relação à média normal. Além dos prognósticos de precipitação pluviométrica entre o período de fevereiro a setembro desse ano apontarem um novo déficit.

Segundo o secretário Hwaskar Fagundes, o decreto foi antecipado com o intuito de ter um tempo maior de planejamento e ações mais intensas de fiscalização, e para propagar a educação para uso racional e análise de vazão e garantir o abastecimento regular de água na região metropolitana da capital durante os meses de seca.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!