Mudança de hábitos no combate ao câncer

4 de fevereiro é o Dia Mundial Contra o Câncer. Essa data é uma iniciativa da União Internacional para Controle do Câncer (UICC) que visa prevenir mortes a cada ano e chamar atenção da população e governo para uma maior conscientização e educação da doença. No entanto, não é apenas nesta data ou mês que informações devem ser disseminadas, mas sim diariamente deve-se alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer.

Em conversa com o oncologista clínico do Grupo América, que faz parte do Sistema Hapvida, Francisco Borges Filho, ele melhor explica que “o câncer corresponde a um conjunto de doenças em que ocorre uma proliferação anormal e incontrolada da célula. Esse crescimento leva ao aparecimento de um tumor que pode invadir outros órgãos vizinhos ou se espalhar pelo corpo (metástase)”. E ele ainda reforça que quanto antes o tumor é detectado, maiores são as chances de cura do paciente e menos invasivos são os tratamentos.

Atualmente existem mais de 100 tipos de câncer e, segundo pesquisa do INCA, 7,6 milhões de pessoas do mundo morrem a cada ano em decorrência da doença. Estima-se ainda que poderiam ser evitadas se adotassem medidas adequadas de prevenção, mudança de hábitos e detecção precoce.

Como prevenir o câncer?
Com o tema “Eu sou e eu vou” a campanha deste ano convida todos a avaliarem os hábitos e o médico Francisco Borges também traz para os ouvintes algumas atitudes a serem adotadas na prevenção do câncer.
– Pratique atividade física;
– Não fume;
– Consuma bebida alcoólica moderadamente;
– Vacine contra a Hepatite B e HPV;
– Mantenha o Índice da massa corporal adequado;
– Evite comidas defumadas;
– Faça mamografia anualmente a partir dos 40 anos;
– Faça uma colonoscopia aos 50 anos e outras em série, se necessário;
– Consulte com urologista a partir dos 40 anos.

Close