Empresário acusado de fraudar escritura alugou imóvel para Zé Felipe

Imóvel em condomínio de luxo em Goiás foi alvo de operação da PCDF com apoio da PCGO

Um empresário acusado de alugar um imóvel em um condomínio de luxo para o cantor Zé Felipe, filho do sertanejo Leonardo, e para a esposa dele, a influencer Virgínia, foi preso na manhã desta terça (25). Os famosos não têm envolvimento no esquema. A prisão ocorreu com a deflagração da operação Looping, da Polícia Civil do Distrito Federal com apoio da Polícia Civil de Goiás.

O homem estaria fraudando procurações e escrituras de terrenos e foi preso em flagrante em uma mansão à beira de uma praia em Salvador que já foi do ex-vocalista do Chiclete com Banana, Bell Marques. Os policiais encontraram no local uma arma sem registro. Outro empresário que estaria envolvido no esquema foi flagrado com um pé de maconha e também recebeu ordem de prisão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Eles são acusados de integrar um grupo formado por mais outras três pessoas (empresário, advogado e um tabelião) que cometia o crime por meio de lotes de alto valor. Os suspeitos teriam tentado transferir uma área rural de mais de 148 hectares no Gama, no Distrito Federal (DF), avaliada em R$ 9 milhões falsificando um documento da Terracap, uma empresa pública do DF que faz a gestão das terras públicas, que atestaria a titularidade do terreno ao órgão.

LEIA TAMBÉM

• Goiás é o 7º Estado com menor taxa de desemprego• Governador Ronaldo Caiado testa positivo para Covid-19• Já no primeiro dia da frente fria goianos acham “doloroso” levantar da cama

Tags: