Homens são presos suspeitos de matar motorista de aplicativo, em Trindade

Os homens desferiram facadas no motorista de aplicativo e o queimaram dentro do veículo

Na última segunda-feira (25), Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Trindade prendeu dois homens suspeitos de terem matado um motorista, no setor Santa Fé, em Trindade. O crime ocorreu em julho desse ano, enquanto a vítima trabalhava como motorista do aplicativo. Ele desapareceu enquanto fazia uma corrida e foi encontrado com o corpo carbonizado, dentro de um carro queimado.

De acordo com a Polícia, a vítima tinha o costume de fazer corridas para uma mulher que mantinha relacionamento com um criminoso conhecido da região. Motivado por ciúmes, então, namorado da mulher encomendou a morte do motorista. Os dois suspeitos confessaram o crime e relataram que contaram com a ajuda da mulher para chamar o motorista.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo o delegado responsável, Matheus Feitosa de Melo, “os dois suspeitos levaram o motorista para um bairro do setor Santa Fé, tiraram a vítima do porta-malas, desferiram facadas e o queimaram dentro do veículo. No depoimento, os executores alegaram que queimaram o carro no intuito de destruir provas, mas há indícios de que a vítima foi queimada viva”.

Antes do homicídio, a dupla ainda continuou a rondar com o veículo por cerca de três horas.

Logo após descobrir as prisões dos acusados, a mulher fugiu da cidade de Trindade e encontra-se foragida. Qualquer informação será totalmente sigilosa e pode ser feita através do telefone 197 ou (62) 3506-4709.

Francielly Damasceno, foragida / (Imagem: PCGO)
Tags: