Jovem da urina preta recebe alta em Goiânia

Após um mês internada, jovem que foi diagnosticada com doença da urina preta recebe alta

A jovem de 27 anos, Ketlyn Silva recebeu alta nesta segunda-feira (26) do Hospital Jardim América, após 30 dias de internação em estado grave. Ketlyn foi diagnosticada com a doença da “urina preta” cientificamente conhecida como “Síndrome de Haff” após comer com sua prima em um restaurante que servia comida japonesa em Goianésia.

A jovem chegou a perder os movimentos dos pés e das mãos, além de precisar passar hemodiálise ao ser internada na capital, devido falha nos rins.

Tags: