Justiça instaura inquérito para apurar caso do advogado agredido por policiais

Esse é mais um desdobramento das investigações que estão sendo conduzidas pela instituição e visa averiguar prática de improbidade.

A 89ª Promotoria de Justiça de Goiânia instaurou inquérito civil público para apurar a suposta prática de ato de improbidade administrativa por parte dos policiais militares envolvidos no episódio com o advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior, ocorrido na Praça da Bíblia na quarta-feira (21).

Esse é mais um desdobramento das investigações que estão sendo conduzidas pela instituição e visa averiguar a possível prática de improbidade por violação aos princípios da legalidade, honestidade, moralidade e lealdade às instituições, o que sujeitaria os responsáveis a sanções civis, como, por exemplo, a perda do cargo, pagamento de multa, ressarcimento do dano e suspensão dos direitos políticos.

Tags: