Home»Cotidiano»Manifestação: feirantes realizam ato contra alteração do local das feiras do Novo Horizonte

De acordo com representantes da Prefeitura de Goiânia, atualmente a feira atrapalha o funcionamento das igrejas e o fluxo no trânsito

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Os trabalhadores da Feira do Novo Horizonte, em Goiânia, realizam na manhã desta quarta-feira (06) um protesto, com o objetivo de sensibilizar o poder executivo e angariar apoio dos clientes, moradores e da sociedade civil para permanência das feiras da região. O ato acontece agora, na Avenida Domiciano Peixoto, no setor Novo Horizonte.

No local, são realizadas duas feiras há pelos menos 40 anos. Uma especial, às quartas-feiras, com 360 feirantes; e outra livre, aos sábados, com mais 400 trabalhadores. São feiras extensas que atendem os clientes dos bairros próximos.

O vereador Kleybe Morais (DC), fez uma solicitação a prefeitura que assinou a Portaria Nº 004/2019, publicada no Diário Oficial do Município, autorizando a retirada imediata das feiras do local e transferência para uma rua adjacente do setor.

De acordo com representantes da Prefeitura de Goiânia, atualmente a feira atrapalha o funcionamento das igrejas e o fluxo no trânsito. No entanto, no novo local, segundo os feirantes, não existe nenhuma estrutura básica. Além de ser um espaço pequeno, não tem acesso à rede de energia elétrica, sem arborização, com asfalto de má qualidade, muita poeira e com um lote baldio com mato alto ao lado.

Nesse sentindo, o vereador Paulo Magalhães (PSD) reivindica, juntamente com os feirantes, a permanência das feiras no mesmo local, assegurando a comercialização dos produtos e o acesso facilitado aos clientes.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!