Marconi Perillo declara apoio a João Dória nas prévias do PSDB

A decisão de Marconi Perillo, que está no comando do diretório estadual, é contrária ao apoio de seis ex-dirigentes do PSDB, o qual declararam voto a Eduardo Leite

Nesta quarta-feira (17) o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo, declarou apoio ao governador de São Paulo e pré-candidato a presidência do Brasil, João Dória. Marconi, atualmente, está no comando interino do diretório estadual do PSDB e sua decisão vai de contramão ao voto de José Eliton, também ex-governador de Goiás e presidente licenciado do partido. Eliton e outros cinco dirigentes do partido já haviam declarado apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em uma carta aberta no mês passado.

O PSDB possui três políticos que concorrem a vaga para ser candidato a presidência, são eles: João Dória, de São Paulo; Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio. As prévias do partido serão realizadas neste domingo (21) para a escolha do candidato ao Planalto.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Em nota, Marconi Perillo justifica seu apoio a Dória e afirma que “não é de ficar em cima do muro”. Segundo o tucano, “meu voto será dado ao governador João Dória Júnior. Tenho meus motivos para fazer essa opção. João Dória é um líder madrugador, organizado, bom formador de equipes, muito trabalhador e democrata por convicção” afirma.

Marconi reconhece que o governador de São Paulo cometeu erros, mas que as coisas boas sobressaem e tece elogios à gestão. Além disso, ele afirma ter motivos pessoais para o apoio “do ponto de vista pessoal, também tenho alguns motivos para apoiá-lo. Citarei, entretanto, apenas um: ele apoiou-me de imediato quando fui candidato à presidência nacional do PSDB, em 2017”. Ao final da carta, Marconi afirma respeitar quem tem outras preferências.

Tags: