MP entra com recurso para retomar investigações contra Padre Robson

Caso pode ser retomado, após pedido do MP

O Ministério Público de Goiás protocolou, nesta quarta-feira, dia 14, um recurso conta a decisão do Tribunal de Justiça de Goiás que determinou o trancamento das investigações contra a Afipe e Padre Robson, na época diretor da associação (Filhos do Pai Eterno).

As investigações da Operação Vendilhões, que apuravam possíveis condutas criminosas com o dinheiro da Afipe, foram trancadas no último dia 6 de setembro, quando o TJ entendeu que, apesar de serem atípicas, condutas não foram criminosas.

A Justiça também trancou o procedimento contra policiais civis, no caso de extorsão do padre em 2017. Quando uma investigação é trancada, diferentemente de quando há arquivamento, não há declaração de inocência, segundo o MP.

O Ministério Público apontou omissões no processo de arquivamento, além de equívoco no pedido de habeas copus. Padre Robson, por sua vez, desde o surgimento do caso, diz que é inocente e que as movimentações da Afipe estavam dentro do regulamento da unidade.

Tags: