MP realiza operação contra fraude de licitações em Goiás

A Operação Sócio Oculto cumpre 34 mandados de busca e apreensão em oito munícipios goianos, São Paulo e DF

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) deflagra, na manhã desta terça-feira (7), a Operação Sócio Oculto, que tem o objetivo de desarticular uma suposta organização criminosa que teria atuado em 2013 para fraudar licitações e desviar recursos públicos em municípios goianos. São cumpridos 34 mandados de busca e apreensão e 6 de prisão temporária em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Nerópolis, Senador Canedo, Santo Antônio de Goiás, Alto Paraíso de Goiás, Uruaçu, Rubiataba, São Paulo e Brasília.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Os mandados foram expedidos pelo juiz Alessandro Pereira Pacheco, titular da Segunda Vara Estadual de Combate às Organizações Criminosa. Também foi determinado o bloqueio de bens dos investigados, de forma gradativa e proporcional ao suposto envolvimento no esquema criminoso investigado, até o valor de R$ 25 milhões

Tags: