Naiara Azevedo é condenada em ação trabalhista por guitarrista em Goiás

O músico pediu reajuste salarial após um processo na Justiça do Trabalho em Goiás. Os valores somados podem chegar até R$ 100 mil

A cantora e participante do Big Brother Brasil 22, Naiara Azevedo foi condenada a pagar reajustes salariais a um guitarrista após processo na Justiça do Trabalho, em Goiás. De acordo com o advogado do músico, os valores somados chegam a R$ 100 MIL. Cabe recurso de decisão.

Em nota, a equipe da artista informou que tem ciência do processo e que vai recorrer a decisão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A decisão foi dada pelo juiz Marcelo Nogueira Pedra na última sexta-feira (21). O magistrado determina que a artista pague ao músico adicional noturno, honorários advocatícios e diferença salarial a partir de agosto de 2018. O guitarrista trabalhou por cerca de dois anos com a cantora.

LEIA TAMBÉM

• Arthur Aguiar e Globo rompem contrato e vencedor do BBB se dedica à música• BBB 22: Tudo o que já sabemos sobre a grande final• BBB 22: Lucas Bissoli admite procedimento no rosto após sessão de ‘piscadinhas’

Durante o processo, a defesa do músico descreveu que o cliente trabalhou por mais horas do que previsto em contrato e que ele não recebeu o adicional de insalubridade devido à exposição ao ruído – já que trabalhava nos shows. Também é incluído no pedido na Justiça o pagamento extra por trabalhar à noite e de madrugada.

Representante do artista, o advogado Gustavo Afonso, pretende recorrer para conseguir que sejam pagas ainda horas extras – pedido que foi indeferido pelo juiz.

Tags: