Home»Cotidiano»Operação apreende quase 11 toneladas de carne imprópria para o consumo

De 149 estabelecimentos, 99 apresentaram indícios de irregularidades

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Operação articulada pelo Ministério Público de Goiás juntamente com outros órgãos do estado, resultou na apreensão de quase 11 toneladas de carne imprópria para o consumo humano. Quatro açougues foram interditados em Goiânia, um deles em um supermercado. Um empresário chegou a ser detido em flagrante, mas foi solto após pagar fiança. Ele responderá ao processo administrativo em liberdade. Todas as 10,8 toneladas apreendidas foram descartadas.

Foram aplicadas multas de cerca R$ 14 mil e outras sanções devem ser aplicadas após a conclusão do processo que vai apurar as irregularidades, também haverá a chance dos empresários se defenderem.

Foram fiscalizados 149 estabelecimentos entre os dias 5 e 9 de março, desses, 99 apresentavam indícios de irregularidades como condições ruins de armazenamento, ausência ou adulteração no selo de inspeção feita pelos órgão de vigilância sanitária e a data de validade nos produtos vencida.

Esse trabalho faz parte da Operação Goiás Contra a Carne Clandestina, realizada desde 2015, tem o objetivo de coibir a venda de produtos inaptos para o consumo e orientar a população sobre o risco de consumir carne de procedência duvidosa.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!