PC prende adolescentes que planejavam ataque a escola de Montividiu

Não existe informação sobre ligação a grupos terroristas, racistas ou nazistas

A Polícia Civil apreendeu nesta quarta-feira (02), três adolescentes de 17 anos suspeitos de planejar um ataque a uma escola do município de Montividiu. A investigação contou com a participação da Polícia Federal dos Estados Unidos (FBI), que encontrou troca de mensagens entre os menores nas redes sociais.

Nas casas dos adolescentes, a polícia apreendeu armas de fogo de alto calibre e facas, o que deve responsabilizá-los por posse ilegal, segundo o delegado Adelson Candeo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Não existe informação sobre ligação a grupos terroristas, racistas ou nazistas durante a investigação. Em algumas mensagens, eles falam que estavam esperando as escolas reabrirem para executar o plano, que estão fechadas por causa da pandemia”, explicou o delegado.

Um dos adolescentes foi ouvido, e disse que não teria coragem de executar o ataque, mas confirmou as mensagens. O pai dele disse que o filho tem depressão e toma remédios. Os outros dois jovens ainda serão ouvidos, na presença dos pais.

A investigação agora tem o objetivo de identificar se há mais envolvidos e as responsabilidades de cada um deles e dos pais.

Tags: