Pontalina: Homem é preso por estuprar e engravidar enteada de 13 anos

A mãe da menina sabia que havia relações sexuais entre a filha e o companheiro, e as investigações irão apurara a participação dela no crime

Um homem foi preso na última sexta-feira (3) suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 13 anos, na cidade de Pontalina, no centro do estado. O delegado Pedro Democh, que investiga o caso relata que a vítima fez um aborto há uma semana, conforme resíduos de um embrião encontrados na casa onde ela mora com o padrasto.

O delegado afirmou que em seu depoimento o suspeito optou por ficar em silêncio. Já a vítima estava bastante confusa durante seu depoimento, mas confirmou que mantinha relações sexuais com o homem, embora acreditasse que era “normal”, segundo informou o delegado.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na residência, a polícia encontrou documentos que comprovariam a gravidez, como exames laboratoriais e ultrassom. Segundo o delegado, os relatos mostram, que a princípio o padrasto queria o filho. ”Um dos motivos é que a mãe da menina e companheira do homem, já havia passado por cirurgia e não pode mais engravidar. Ela sabia que havia relações sexuais entre a filha e seu companheiro. As investigações irão apurara a participação dela no crime”, informou Pedro Democh.

Mensagens trocadas entre o suspeito e a vítima 

Segundo relato do delegado, foram encontradas conversas nos celulares do suspeito e da menina em um aplicativo de mensagem, por onde eles marcavam as relações sexuais. Na sexta-feira 93), inclusive, os dois marcaram um encontro, que não ocorreu porque a policia efetuou a prisão do suspeito.

No celular do suspeito também foram encontradas imagens de lenções sujos com o sangue da menina, indicando o possível registro do aborto. Além disso foi encontrado e apreendido um revólver calibre 38 no quarto do padrasto, que não possui posse de arma.

 

Fonte: G1 Goiás.

Tags: