Prefeitura de Goiânia abre 533 vagas para 17 cursos profissionalizantes

Inscrição deve ser feita entre os dias 24 e 28 de junho. Aulas serão ministradas na Faculdade Delta, no Jardim Planalto

A Prefeitura de Goiânia, através do Sine Goiânia e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), está ofercendo 533 vagas de qualificação profissional, para 17 cursos gratuitos. As inscrições podem ser feitas entre 24 a 28 de junho, pelo aplicativo Prefeitura 24horas ou pelo site da prefeitura. No ato da matrícula, o candidato recebe um e-mail confirmando sua inscrição.

Os cursos são totalmente gratuitos e tem carga horária de 40 a 160 horas, dependendo da escolha do candidato. As aulas serão administradas a partir do dia 29 de junho, nos três períodos, na Faculdade Delta, localizado no Jardim Planalto, próximo ao Terminal das Bandeiras. Após a conclusão do curso, os alunos recebem certicicado de conclusão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Oportunidades são para cursos profissionalizantes de alongamento de cílios e unhas, manicure e pedicure, corte e costura, mídias sociais, informática básica e intermediária, Excel completo, cabeleireiro, barbeiro e design de barbas, eletricista, dentre outros. Idade mínima é de 17 anos.

LEIA TAMBÉM

• Em Goiânia, garoto morre ao ser atropelado por ônibus em que estava• Covid-19: veja onde se imunizar neste sábado, 2, em Goiânia• Justiça mantém prisão de jovem que matou ex-sogro

Além do certificado de conclusão, a Prefeitura oferece aos alunos vale-transporte e lanche. (Foto: Divulgação/Paulo José)

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento e Economia Criativa, Silvio Sousa, as oportunidades no curso podem ajudar uma pessoa a crescer financeiramente. ”Durante a pandemia, muitas pessoas perderam os empregos e foram obrigadas a migrar para atividades informais. Agora, com a retomada da economia em Goiânia, a prefeitura aposta na qualificação do trabalhador para movimentar a geração de emprego e renda”, ressalta o secretário.

Tags: