0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

O projeto Casa Fora de Casa – Táticas Urbanas  lança sua segunda edição que acontecerá entre os dias 2 de março a 5 de maio no setor Pedro Ludovico. Uma iniciativa da arquiteta e urbanista Carol Farias e do comunicólogo português André Gonçalves, fundadores do estúdio Sobreurbana, o casal é o elo entre diferentes profissionais que desejam transformar a cidade através de laboratórios de arquitetura pública, comunicação e da promoção cultural. O projeto tem como objetivo estimular e repensar o envolvimento da comunidade com as áreas urbanas dos seus respectivos bairros. Segundo Carol, a iniciativa tem o intuito de provocar diferentes olhares e vivências nos bairros, fazendo com que a população repense sobre os problemas, estimulando que busquem soluções como pequenos arranjos comunitários ou até transformações físicas.

A escolha pelo setor Pedro Ludovico se deu pelo foco em sua relevância histórica e geográfica na capital e ser o quinto mais populoso da cidade, com 25 mil habitantes. “O Setor Pedro já foi um bairro onde as pessoas usufruíam mais dos seus espaços públicos. Hoje, isso está diminuindo, não só pela má condição das ruas, ausência de calçadas ou calçadas em mau estado, falta de bancos e outras amenidades, mas também pela questão da insegurança, da violência e do trânsito,. Esperamos, ao fim, levar as pessoas a questionar esses problemas e a envolverem-se ativamente na busca de soluções, e assim contribuir para um bairro mais informado, tolerante, crítico e participativo”, explica Carol.

Em 2016 a primeira edição foi realizada no Setor Sul e conseguiu ganhar notoriedade em eventos internacionais, além de ter sido sucesso de público e crítica. São mais de 40 ações programadas na agenda voltados para os adultos e crianças, como oficinas de marcenaria para mobiliário urbano, teatro, circo, fotografia, entre outras para quem  quiser participar. A capital tem o título de cidade verde por ostentar grandes parques e áreas centrais, porém  há ruas e praças de bairros em descaso, com lixo, falta de iluminação pública e insegurança. O Casa Fora de Casa vem com o intuito de mudar essa realidade integrando os moradores aos espaços de convívio e lazer, e assim como na sua primeira edição o resultado final será documentado em um e-book e será disponibilizado para download. Os interessados em acompanhar mais sobre o projeto podem acessar o site: http://casaforade.casa/

Este slideshow necessita de JavaScript.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!