Calendário de pagamento do PIS/Pasep 2022 já foi liberado?

Os benefícios devem ser pagos com o ano-base de 2020 e 2021. A expectativa é que o calendário seja liberado no próximo mês

Muitos trabalhadores estão na expectativa para o início do abono salarial do PIS/Pasep, que deve ser pago em janeiro de 2022. E o pagamento possivelmente será acumulado do benefício do ano-base 2020 e ano-base 2021.

O calendário de pagamentos do abono salarial ainda não foi divulgado. Conforme a Resolução 896 divulgada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), o cronograma de pagamentos será disponibilizado apenas em janeiro. O Codefat é o Conselho responsável por gerir a verba do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) fundo este que destina os valores para programas como o abono salarial do PIS/Pasep e o seguro-desemprego.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O calendário de pagamentos deve ser divulgado anualmente no mês de janeiro de cada exercício, após a apuração e auditoria dos dados da RAIS (Relação Anual de Informação Social) que conta com os dados dos trabalhadores, podendo filtrar aqueles que tem ou não direito ao abono salarial.

Como vai irá funcionar o pagamento do benefício em 2022

Apesar de não haver um calendário definitivo, o Codefat decidiu que o abono salarial será pago a todos os trabalhadores no mesmo ano, entre os meses de janeiro e dezembro. Sendo assim, é esperado que os pagamentos aconteçam de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores, podendo ocorrer tranquilamente entre os 12 meses de 2022.

Vale lembrar que ainda é possível que os trabalhadores que tinha o direito em 2020 também tenha o direito em 2021, recebam duas vezes.

O Abono Salarial, Pis e Pasep, serão pagos pela Caixa Econômica e pelo Banco do Brasil.

Valor do abono salarial

O abono salarial do PIS/PASEP é pago no valor de até um salário mínimo para os trabalhadores que exerceram atividades ao longo do ano-base. No entanto, somente quem trabalhou o ano todo tem o direito de receber um salário mínimo. Já quem trabalhou menos tempo, recebe o proporcional da quantidade de meses trabalhados.

 

Tags: