Idosa é encontrada em mata após ficar 28 horas desaparecida, em Formosa

Segundo a família, a idosa teria saído para buscar lenha por volta das 13h e não voltou mais para casa

Uma idosa foi encontrada pela equipe do Corpo de Bombeiros e familiares após ficar 28 horas desaparecidas em uma mata da zona rural de Formosa, no Entorno do DF. Segundo a corporação, a mulher estava consciente, ilesa, mas desorientada. Informação são do G1.

Igor Fleury, tenente dos bombeiros, contou que, segundo a família, a idosa teria saído para buscar lenha, como sempre fazia, por volta das 13h de segunda-feira (19). No entanto, a noite veio e a mulher não voltou para casa.

“A família nos procurou à noite e nos organizamos para sair bem cedo no outro dia para procurá-la. Saímos com os familiares dela e fomos vendo que ela deixou um rastro com a lenha que ela ia juntando até chegar a um rio”, contou.

O terreno onde a idosa caminho era de difícil acesso. Segundo ele, havia trechos de mata densa e outros com muita pedras que dificultavam a passagem.

“É inimaginável que uma senhora dessa idade tenha passado por ali. Estava de chinela ainda. Até que chegou um momento que não tinha como seguir pelo rio e nos separamos porque já não tinha mais a trilha dela”, disse.

O bombeiro contou que, no meio das buscas, encontraram um dos pés de chinelo que a idosa estava usando. Após horas de caminhada, por volta das 17h da quarta-feira (20), eles finalmente encontraram.

“Ela não soube explicar o que aconteceu, já está bem senil, mas estava bem. Não estava machucada, não tinha sinais de hipotermia ou desidratação, mas ela andou cerca de 6 km em um terreno muito complicado”, completou.

Tags: