Morre Duda Mendonça, publicitário e marqueteiro político

Duda foi o responsável pela campanha de Lula em 2002 e criou o slogan "Lulinha paz e amor", ainda usado pelo petista.

Morreu na madrugada desta segunda-feira (16) o publicitário Duda Mendonça. Ele estava internado há dois meses no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para tratar um câncer no cérebro.

Duda Estreou no marketing político em 1985, ao trabalhar na campanha que elegeu Mário Kertez para prefeito de Salvador. Mendonça é um dos mais conhecidos marqueteiros políticos. Foi o responsável pela campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2002. Criou o slogan “Lulinha, Paz e Amor”, ainda usado pelo petista.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O marqueteiro foi ainda responsável pelas campanhas de Paulo Maluf à prefeitura de São Paulo em 1992 e de reeleição da ex-prefeita da capital paulista Marta Suplicy em 2004. Também atuou nas campanhas dos irmãos Ciro e de Cid Gomes no Ceará quando eles se candidataram em 2006 a, respectivamente, deputado federal e governador.

LEIA TAMBÉM

• MDB e PSDB apostam em chapa com Tebet e Tasso Jereissati• Goiás pode ter pelo menos três candidaturas isoladas ao Senado• Nome de Izaura Cardoso, esposa de Vanderlan, ganha força para vice de Vitor Hugo

Segundo informações do portal Poder 360, em 2005, seu nome foi envolvido no Mensalão. Mendonça foi acusado de evasão de divisas e lavagem de dinheiro na campanha de Lula em 2002. Ele foi absolvido, em 2012, pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Quatro anos depois, em 2016, passou a ser investigado na Operação Lava Jato e, em abril de 2017, assinou acordo de delação premiada.

Tags: