Home»Celebridades»Morre Stephen Hillenburg, criador de Bob Esponja, aos 57 anos

O cartunista faleceu devido à Esclerose Lateral Amiotrófica, doença contra a qual lutou por pouco mais de um ano

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Os personagens totalmente originais que ele criou e o mundo da Fenda do Bikini ficarão como um lembrete dos valores do otimismo, da amizade e do poder ilimitado da imaginação”

Morreu na noite de segunda-feira (26), o cartunista Stephen Hillenburg, criador do desenho Bob Esponja Calça Quadrada (Nickelodeon) aos 57 anos. De acordo com a revista Variety, a causa da morte foi a Esclerose Lateral Amiotrófica, doença contra a qual ele lutava desde março do ano passado.

Em nota, a Nickelodeon disse que os “corações [de todos da emissora] estavam com toda a família” de Hillenburg. “Steve colocou em Bob Esponja um senso de humor ímpar e ingênuo, que levou alegria a gerações de crianças e famílias e todos o lugares”, lê-se na nota. “Os personagens totalmente originais que ele criou e o mundo da Fenda do Bikini ficarão como um lembrete dos valores do otimismo, da amizade e do poder ilimitado da imaginação”, continua o texto da Nick.

Stephen Hillenburg começou na Nickelodeon em 1993, trabalhando na animação A Vida Moderna de Rocko até 1996. Após o cancelamento da série, o cartunista ficou full-time por conta de Bob Esponja. A série sobre uma esponja amarela que tem como melhores amigos uma estrela-do-mar e um esquilo estreou, em caráter experimental -na Nickelodeon em Maio de 1999. Dois meses depois, a emissora encomendou uma temporada inteira. Até hoje, foram exibidos mais de 250 episódios do seriado, que encanta crianças e adultos.

Bob Esponja já teve nove indicações ao Emmy Awards, premiação mais importante da televisão norte-americana. Apesar de não ter levado nenhuma estatueta, a animação já foi dublada ou legendada para mais de 60 línguas e o filme do seriado, lançado em 2004, faturou mais de US$ 140 milhões ao redor do mundo.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!