Nokia 3310 voltará a ser produzido

O Nokia 3310 que ficou mundialmente conhecido mundialmente nos anos 2000 está de volta. A empresa finlandesa HMD comprou da Nokia Technologies a sua patente e os direitos sobre a marca e de sua imagem.

A empresa anunciou a ressurreição do clássico aparelho conhecido popularmente como “indestrutível”. Ele terá uma versão renovada que será apresentada no Congresso Mundial de Telefonia em Barcelona entre 27 de fevereiro e 2 de março. O indestrutível está de volta depois de uma entrada muito bem-sucedida do novo Nokia 6 na China.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A Nokia vendeu no mundo todo mais de 120 milhões de unidades do 3310, mas com a chegada dos smartphones acabou por aos poucos deixar de lado o modelo. A retirada oficial do mercado ocorreu em 2005. Agora, em fevereiro de 2017, quando parecia que o celular que causou furor nos primeiros anos da era dos celulares tinha sido definitivamente enterrado pelos smartphones, a nova Nokia o lança mais uma vez, de olho em um mercado específico.

LEIA TAMBÉM

• Veja como ficam novas regras de atendimento do INSS a partir desta segunda, 4• Cabelo, planta e itens para festa: veja furtos inusitados dentro e fora de Goiás• Óculos inteligentes ajudam na inclusão de alunos da rede pública de Goiás

As informações sobre o relançamento do aparelho, que foram divulgadas pelo The Guardian, indicam que ele só estará disponível inicialmente na Europa e na América do Norte e que custará em torno de 70 euros (245 reais). A versão original foi lançada em 2000 ao preço de 150 euros (525 reais).