Home»Cotidiano»Operação prende mais de 500 brinquedos na semana das crianças

22 lojas foram notificadas por irregularidades

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A Operação Brinquedo Seguro, realizada em Aparecida de Goiânia, tem como objetivo apreender mercadorias irregulares e notificar lojas com problemas na exposição clara dos valores dos produtos. O balanço foi divulgado na manhã desta quarta-feira (10) pela Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor e expõe que, entre as 32 lojas fiscalizadas, 500 brinquedos foram presos por não conterem selo do Inmetro e 22 lojas foram notificadas por irregularidades.

Para Thiago Messias, Coordenador de Fiscalização do órgão, o Dia das Crianças, celebrado no próximo dia 12, implica no aumento das vendas de brinquedos. Em busca de economia, muitos consumidores não se preocupam em se certificar se o item escolhido atende às exigências de segurança do Inmetro e, com isso, acabam comprando um produto irregular que pode colocar a vida da criança em risco.

“É muito importante verificar se o item possui o selo de qualidade do Inmetro. Este garante que o produto foi testado e é seguro para a respectiva faixa etária anunciada. Uma criança de 2 anos deve ter brinquedos para a sua faixa etária. Ela pode se acidentar com peças pequenas contidas em produtos que não foram feitos para a sua idade, o que pode causar até óbitos”, alerta.

A operação também visa verificar se os comércios estão vendendo simulacros de armas de fogo, artigos proibidos em Aparecida.  Além da preocupação com a qualidade do produto, Thiago também aconselha o consumidor a sempre estar atento ao preço informado no item e nas prateleiras. “O Consumidor deve sempre buscar o produto em mais de uma loja para não ser enganado quanto ao valor apresentado pelas lojas e acabar pagando mais caro”, reforça.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!